01/10/2015
Surforeggae entrevista o grande astro do reggae Maxi Priest! Confira!
 

Pág 2: Anterior | Próxima
27/07/2007 - Exclusivo: Confira a entrevista com Norris Cole, fundador do grande trio vocal The Pioneers!
15/12/2006 - DJ brasileiro comanda programação de reggae da 3ª rede de rádio na net mais ouvida do mundo!
31/10/2006 - Exclusivo: Surforeggae entrevista Tribo de Jah, que fala sobre o novo álbum "The Babylon Inside"!
14/07/2006 - Confira a entrevista do Surforeggae com Nell, uma das melhores vozes femininas do reggae nacional!
03/12/2005 - Confira a entrevista exclusiva de Rafael Surforeggae com a Bambu Station, uma das maiores bandas da atualidade!
12/10/2005 - Objetivo, consiso, esse é o "filho do homem"! Confira entrevista exclusiva com o grande Andrew Tosh!
22/09/2005 - Saiba mais sobre os planos e a ideologia da banda Papas da Língua e baixe mp3 de um de seus sucessos!
21/08/2004 - O Surforeggae entrevista o Cidade Negra, que fala sobre o novo álbum, sua ideologia, e muito mais!
16/08/2004 - O Surforeggae entrevista uma das principais bandas de reggae roots atual: O Soldiers of Jah Army!
24/05/2004 - Confira a entrevista de Almir com Edu Ribeiro: O passado, o presente e o futuro do cantor e compositor!
25/01/2004 - Red Meditation dá entrevista emocionante ao Surforeggae! Não deixe de aprender com essa autêntica lição de vida!
10/01/2004 - EXCLUSIVO! Equipe Surforeggae entrevista o Inglês Pato Banton, um dos cantores de Reggae mais prestigiados do mundo!
08/01/2004 - Imperdível: Ranking Miss P, irmã de Rita Marley faz revelações sobre a Família e fala sobre Reggae. Veja Entrevista!
10/12/2003 - Bárbara entrevista a banda Massai!
09/09/2003 - Confira a entrevista da Equipe Surforeggae com a banda de reggae Raízes Rasta!
22/08/2003 - Confira a entrevista, a ideologia e os planos da banda de reggae Namastê!
05/08/2003 - Surforeggae entrevista a banda de reggae Anti Babylon! Confira!
02/04/2003 - Confira a entrevista de Bárbara Falcon com o ex-guitarrista da Diamba, Rafael Pondé!
Pág 2: Anterior | Próxima


Maxi Priest, o dono de uma das mais distintas vozes do Reggae Mundial nos concedeu uma entrevista exclusiva. O artista, que nasceu em Londres e é filho de jamaicanos, emplacou durante sua carreira uma série de hits numa brilhante carreira.

O seu mais novo álbum "Easy to Love" é sem dúvida um clássico do Lovers Rock, como é chamada a "veia romântica" do reggae. Numa manhã super descontraída, Maxi falou conosco por mais de 1 hora e também revelou um pouco da sua paixão pelo Brasil. Confira!

A ENTREVISTA


Surforeggae: Maxi, o que você poderia dizer sobre a cena do reggae mundial durante o começou da sua carreira e hoje? O que mudou de lá pra cá e se tornou pior ou melhor?
Maxi Priest: A cena cresceu e mudou bastante coisa por conta da tecnologia e as coisas são mais rápidas. Agora não é preciso esperar por muita gente. Isso são progressos e também regressos, pois em algumas ocasiões isso é bom e em outras perdemos muitas coisas, perdemos inspiração de cada um envolvido no processo. Quanto mais gente na sala criando música, mais essas pessoas conectam suas vibrações nela.

A energia dos músicos tocando juntos é algo que perdemos um pouco. Hoje uma ou duas pessoas com um computador tentam criar algo e é a energia só dela (ou dela e do parceiro), às vezes funciona e outras vezes não. Temos que caminhar com as mudanças e saber como nos adaptar e aproveitar algumas coisas e desprezar outras.


(O astro Maxi Priest)


Surforeggae: Você se tornou bastante conhecido pelas suas músicas românticas do Lovers Rock e se diz influenciado por música gospel e R&B. Mas quais foram os estilos musicais que realmente te ajudaram a desenvolver suas técnicas?
Maxi Priest: Uma das minhas maiores influências foi Dennis Brown, muito do reggae em geral, R&B (Motown, Marvin Gaye), e foi uma combinação diferente de diversos estilos por crescer em londres. Eu tinha várias formas de apreciar a arte e desde jovem descobri a habilidade de cantar. Eu adorava cantar, quando estava triste ou feliz, por qualquer razão eu cantava e encontrava uma forma de ultrapassar os pormenores e me confortar.

Então, é difícil dizer alguém em particular. Cresci no Gospel e Reggae é minha fundação e ao mesmo tempo eu ouvia a outros estilos diferentes. Eu também fui um grande fã do Michael Jackson, Marvin Gaye e todos da Motown, Smokey Robinson, Reggae e em especial Dennis Brown, John Holt, Beatles e a música pop daquela época. Eu nasci e cresci no gospel. Eu assistia também muitos musicais na TV e aprendi muito com isso.

Surforeggae: Os seus filhos estão seguindo a sua trilha e buscando uma carreira musical?
Maxi Priest: A maioria deles canta, Marvin Priest já tem uma carreira com a Sony Records, Ryan tem uma carreira com um grupo chamado Automatic Chaos e trabalha bastante como produtor. Shae é um cantor fenomenal, rapper, escritor, e no colégio também só tira excelentes notas.


(Marvin Priest, um dos filhos de Maxi)


Esses três são os que estão trabalhando mesmo com música. Eu espero que vocês ouçam falar deles. Eu geralmente não me meto muito no que eles estão fazendo, deixo eles crescerem e encontrarem seu caminho natural.

Surforeggae: É óbvio que gente como Dennis Brown, Gregory Isaacs e outros ídolos do reggae foram únicos. Você acha que no caso do Lovers Rock, novos artistas conseguirão manter a popularidade do estilo?
Maxi Priest: Sim! Eu acho que todos os diferentes estilos de reggae continuarão vivos. Haverão claro tempos que um será mais popular que o outro. No momento não tem nada muito novo, mas uma recriação de algo que já existe. No caso, recriações muito boas também.


(Dennis Brown, Gregory Isaacs e Maxi Priest)


Surforeggae: Sabemos que você veio ao Brasil muitas vezes. Me recordo do seu último show no Festival de Verão em Salvador. Você tem memórias especiais do Brasil? Como é o seu relacionamento com o nosso país e seu povo?
Maxi Priest: Uau! Você lembra daquele show? Eu amo o Brasil! Que lugar fantástico! Pelo mundo afora vocês são muito conhecidos por conta do futebol que é algo que também amo e que cresci jogando e faço isso até hoje. O Brasil tem um povo maravilhoso, caloroso, bonito, que carrega a batida do coração na música. Eu simplesmente não vejo a hora de voltar para encontrar todos vocês.

Surforeggae: Você nasceu em Londres, filho de pais jamaicanos. Ouvimos bastante por aqui sobre uma grande comunidade jamaicana na Inglaterra a algumas décadas. Ainda é grande essa comunidade? Há novos artistas vindo de lá como tivemos no passado?
Maxi Priest: Olha, ela não é tão grande como foi no passado musicalmente falando. Vivemos uma outra época, com novas influências, política, sociedade. Mas ela continua lá sim, assim como a vida é cheia de altos e baixos, possivelmente ouviremos falar novamente dessas pessoas nas artes.

Surforeggae: Você escreve suas músicas baseadas em situações pessoais? De onde vem a inspiração para suas letras?
Maxi Priest: Algumas coisas são experiências proprias, outras de amigos, algumas situações que a gente passa na vida em geral. Às vezes entro no estúdio e não necessariamente escrevo sobre alguma experiência atual, mas algo do passado ou de alguém próximo.

Eu escrevo bastante sobre os relacionamentos, e sabe... os relacionamentos... são relacionamentos... possuem altos e baixos, alguns são suaves, bons, ruins, temos bons tempos, péssimos tempos, ótimos tempos e tudo isso é parte do Lovers Rock. Inclusive acho que por isso que o estilo se chama Lovers Rock, porque é "rocky" (do inglês, difícil).

Surforeggae: Sabemos que você foi muito influenciado por um grande amigo seu que foi o Dennis Brown. Você teria algum momento ou estória engraçada para dividir conosco sobre ele?
Maxi Priest: Nós tivemos muitos momentos divertidos juntos em turnê. Ele gostava muito de falar sobre o início da sua carreira quando ele era uma criança e colocavam uma caixa pra ele subir e alcançar o microfone pra cantar. Foram tantos momentos maravilhosos, que até agora se eu fechar meus olhos eu vejo o sorriso dele e a pessoa genuína que ele era. E ele deu sua vida por essa música e não importava o problema ele sempre estava com um sorriso no rosto e totalmente positivo. Toda vez que o via, era a mesma pessoa.


(Maxi Priest e o amigo Dennis Brown)


Surforeggae: Você tem uma das mais distintas e famosas vozes do Reggae. A música é mesmo a sua grande paixão? Você pretende continuar cantando até ter forças para subir no palco ou já pensou em aposentadoria? Esperamos que não...
Maxi Priest: Cara, boa pergunta! Eu realmente nunca parei pra pensar em aposentadoria, o que quero é criar uma nova página a cada dia e enquanto eu estiver saudável e puder cantar, eu sinto que farei isso. Gosto muito do que faço e me sinto verdadeiramente abençoado. Eu realmente sou apaixonado pela música e quero continuar. É como se fosse o meu sangue, se ele parar de correr, a minha vida é interrompida.

Surforeggae: Gostaríamos de te parabenizar pelo novo álbum "Easy to Love". É realmente fantástico. Quando ouvimos que você iria trabalhar num novo disco, começamos a esperar algo bom, mas ele foi além das expectativas. Como está sendo a receptividade dele internacionalmente?
Maxi Priest: Muito obrigado, de verdade! O álbum está tendo uma recepção fantástica, todos dizem o mesmo que você está me falando agora por todas as partes do mundo. Então foi pra mim também mais do que eu esperava. Isso me faz me sentir bem, e foi um esforço bastante genuíno meu, dos produtores, da VP Records e de todos envolvidos. Quero aproveitar e também agradecer aos DJs, mídia, a gente como você que o ajudou a promover.

Eu não vejo a hora de voltar ao Brasil, tenho muitas memórias fantásticas por todo o país. Eu tive o privilégio de realmente viajar por todo o Brasil. Uma das coisas mais marcantes que me lembro daí foi quando eu estava andando pela rua e uma bola de futebol veio parar próxima a mim e uma garota me pediu para jogar pra ela. Eu então rolei a bola e ela a pegou como um craque faria.


(Clipe de "Easy To Love")


Ela não se abaixou pra pegar a bola, a levantou e dominou. Então quando voltei à Inglaterra contei isso a todos, o Brasil é o único lugar do mundo onde você joga uma bola para uma mulher e ela faz isso.

Surforeggae: Sabemos que você faz turnês desde os primórdios da sua carreira e esteve em muitos países. Há um lugar em especial que você ainda não foi e gostaria de se apresentar?
Maxi Priest: Com certeza! Índia! E China também, com certeza eu adoraria ir tocar nesses lugares. Mas a Índia está no meu "top of mind". Eu já viajei muito mesmo e não tive a oportunidade de me apresentar lá ainda. E como eu viajo muito trabalhando eu não sou muito de visitar outros lugares nas férias, prefiro ficar com a família. Então, férias pra mim é sinônimo de dar toda minha atenção à família, algo que sinto falta durante as turnês.

Surforeggae: Se você pudesse escolher um cantor ou cantora de qualquer estilo musical para gravar com você, quem seria?
Maxi Priest: Uau, agora você me pegou! Bem, deixe-me ver... Rihanna, R. Kelly, Chronixx e Luis Miguel.

Surforeggae: Você escuta frequentemente reggae? Quais são os seus favoritos das novas gerações?
Maxi Priest: Com certeza! Gosto muito do que o Chronixx está fazendo. Admiro também bastante o Damian Marley e claro o meu grande amigo Shaggy. Tem bastante coisa boa e nova acontecendo.


(O cantor Chronixx)


Surforeggae: Ouvimos falar por aqui que você é primo do grande Jacob Miller, mas infelizmente não tiveram a chance de se conhecer. Você nasceu numa família musical?
Maxi Priest: Sim, sou primo do Jacob e não nos conhecemos infelizmente. Minha mãe canta todos os dias e a todo o momento. Meus irmãos e irmãs também todos cantam. Eu cresci nesse meio e com certeza, vim de uma família muito musical.

Surforeggae: Você é bastante versátil e canta em diversos estilos. Você acredita que isso colaborou para você ir além e conquistar fãs além do mercado do reggae?
Maxi Priest: Sim, eu acredito bastante nisso! O que é necessário é que as pessoas sintam o que você está fazendo, a vibração disso, o que você está dizendo. Então a minha apreciação e aventuras por outros estilos musicais me fazem melhor e qualquer outro cantor que fizer o mesmo também.

Surforeggae: Maxi, muito obrigado pela entrevista. Esperamos que você volte logo ao Brasil e deixe por favor uma mensagem a quem está conferindo nosso bate-papo.
Maxi Priest: Primeiramente queria agradecer a todos por todo o apoio durante esse anos. Estrada longa! Estou com saudade do Brasil, desejo paz e sucesso a todos. Gostei da entrevista, e avise aos produtores que me trouxerem que antes da turnê temos que organizar uma partida de futebol.




Fonte: Rafael Surforeggae

Maxi Priest

Clique e saiba tudo sobre Maxi Priest aqui no Surforeggae. Discografia, notícias, música e muito mais.







'Maxi Priest'


O álbum de Maxi Priest ganha destaque na nova edição da Revista VEJA! Confira!


Após 5 anos, Maxi Priest lança o álbum ’Easy to Love’! Ouça o disco completo!


Substituição no UB40! Sai Ali Campbell e entra Maxi Priest! Saiba mais no Surforeggae!


Maxi Priest abala as estruturas do Tom Brasil! Confira o reggae moderno deste astro britânico.


Confira o que rolou na Coletiva de imprensa com o reggaeman britânico, Maxi Priest!


Maxi Priest faz show em São Paulo com Planta e Raiz abrindo espetáculo! Confira data e local no Surforeggae!


Maxi Priest re-assina contrato com a Virgin Records! Saiba mais!




 

TRENCHTOWN
(Masculino)
On the Rock
Israel Vibration
Live at Rockpalast

UB40
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO