Beenie Man


Beenie Man conquistou 1 Grammy em sua carreira.

fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Anthony Moses Davis (22 de Agosto, 1973), mais conhecido por seu nome artístico Beenie Man, se auto-intitula "King of Dancehall", ou "O Rei do Dancehall". Nascido em Kingston - Jamaica - Beenie Man foi envolvido na indústria da música ainda cedo, começando como "toaster" ainda aos 5 anos. Foi então encorajado por seu tio Sidney Knowles, baterista que tocou até para Jimmy cliff.

Ele ganhou um concurso de talentos em 1981, e logo foi introduzido nas sound systems locais, o que ajudou a estabelecer a popularidade do jovem deejay, que logo se tornou conhecido como Beenie Man. "Too Fancy", seu single de estréia, foi produzido por Henry "Junjo" Lawes em 1981. Lawes, que em 1983 fez o álbum "Junjo Presents Two Big Sounds", incluiu neste trabalho o jovem Beenie Man, deixando o garoto ao lado de estrelas consagradas como Dillinger, Fathead, e Ringo.

Seu álbum de estréia, "The Invincible Beenie Man: The Ten Year Old DJ Wonder" foi produzido por Bunny Lee e lançado em 1983. "Over the Sea", seu primeiro grande sucesso, aconteceu ainda em 1983, e foi produzido por Winston Holness. Em 1984, Beenie Man gravou algumas coisas com Barrington Levy (que chegou a ser lançado 10 anos depois), mas sua carreira teve que ser colocada de lado para que o jovem terminasse os estudos. Ele passou a maior parte do tempo viajando para a Inglaterra, Estados Unidos e Canadá.

Anos 90 e a rivalidade com Bounty Killer


Beenie Man continou se apresentando numa cena comandada por estrelas como Ninjaman, Admiral Bailey e o grande Shabba Ranks. Beenie gravava seus singles no estúdio Shocking Vibes e até conseguia um certo sucesso no início de dos anos 90. A ascenção de sua carreira veio após o festival Reggae Sunsplash de 1992, que foi acentuada um ano depois com o início da rivalidade com Bounty Killer, que acusou Beenie Man de roubar seu estilo e algumas frases.

A rivalidade se resolveu em 1994 com o álbum "Guns Out", onde os 2 artistas resolvem a disputa com um SoundClash. Em 1993, Beenie Man teve seu primeiro "número 1" na Jamaica com "Matie", e ainda conquistou o prêmio DJ do Ano, o qual seria primeiro dos OITO prêmios consecutivos.

Carreira Internacional


Chegando a ser produzido em 1994 por Sly and Robbie nas gravações dos covers "Crazy Baldhead" e "No Woman no Cry" de Bob Marley, Beenie Man converteu-se ao Rastafarianismo como muitos jamaicanos da época, embora em 2005 ele tenha afirmado:

Eu não me converti. Eu fui batizado na igreja etíope Ortodoxa e aos 10 anos me tornei um Judeu Copto.

Em 1994 assinou com a Island Records, e lançou o aclamado "Blessed", que estabeleceu de vez sua carreira internacional. Em 1995 volta para a Inglaterra para se juntar a Barrington Levy, e juntos gravam uma versão jungle de um sucesso de Levy chamado "Under Mi Sensi".

Também em 1995, Beenie Man colaborou com Dennis Brown e Triston Palmer para lançar "Three Against War", e com Mad Cobra e Lieutenant Stitchie para lançar "Mad Cobra meets Lt. Stitchie & Bennie Man. Em 1997, Beenie emplaca 7 singles nas paradas de sucesso jamaicanas, e até fez uma ponta - como ele mesmo - no filme "Dancehall Queen".

Em 1998, Beenie assina com a poderosa Virgin Records, e começa a lançar álbuns nos Estados Unidos. Seu primeiro álbum lançado por lá foi "The Doctor". No final dos anos 90, Beenie Man conquistou a América com os hits "Romie", "Who Am I", e "Girls Dem Sugar", com participação da cantora americana de R&B, Mýa.

Nesta época, papou diversos prêmios expressivos como o MOBO Award de melhor atuação internacional de reggae. Em 2000, Beenie Man lançou "Art & Life", com participação de Arturo Sandoval e Wyclef Jean (The Fugees), que lhe rendeu o tão cobiçado Grammy de melhor álbum de reggae do ano. Beenie Man, como a maioria dos artistas de dancehall, são bastante engajado em questões sociais, e isso fica bem claro nas músicas "Steve Biko" e "Murderer".

Em 2002, gravou um grande sucesso num dueto com Janet Jackson chamado "Feel It Boy", mas seu verdadeiro "arrasa quarteirão" na América veio em 2004 com o lançamento de um remix de "Dude", com participações da colega vocalista Ms. Thing, e as rimas por Shawnna. Bennie Man havia conseguido uma base sólida de fãs nos dois lados do Atlântico.

Em abril de 2009, Beenie Man assinou com a Brookland Entertainment, um novo selo formado por Eric Nicks e The Trackmasters, já se preparando para o lançamento de seu próximo álbum, "The Legend Returns". O videoclipe do single “Gimme Gimme” foi filmado no Canadá em abril de 2009.

Em outubro de 2010, Beenie Man lança o EP "I’m Drinking Rum and Red Bull", com 4 músicas: "Im drinking Rum and Red Bull", "I’m Okay", e 2 versões de "Stack and Pile". Mais tarde, em fevereiro de 2011, lançou o álbum completo "Im Drinking Rum and Red Bull", com participações de Future Fambo.

Polêmicas de Beenie


Beenie Man casou-se com Michelle "D’Angel" Downer em 22 de agosto de 2006. Downer era a antiga namorada de longa data de seu desafeto do passado, Bounty Killer. Eles tiveram um filho juntos, Marco Dean, nascido em novembro de 2006. Em junho de 2007, Beenie Man separou-se devido a alegações de infidelidade. Em março de 2010, eles lançaram um dueto intitulado "You Are My First", mesmo estando separados. O casal se separou por definitivo em 2011.

Como é de praxe na cena dancehall, Beenie Man também mostra todo o seu lado homofóbico, onde em algumas músicas até incita o assassinato de homossexuais. Ele foi retirado do MTV Music Awards de 2004 justamente após protestos de ativistas do direito gay. No mesmo ano, Beenie foi parado pela polícia no aeroporto de Heathrow em Londres, depois do cancelamento de um show na Ingraterra. Ele foi questionado sobre a apologia "anti-gay" em suas letras através de sua gravadora.

Em 2005 teve as acusações retiradas pelo grupo ativista gay, "OutRage!", após Bennie ter concordado em não tocar músicas com conteúdo homofóbico, podendo assim tocar no país. No ano seguinte, ele clamou em suas letras a "Anti-Pedofilia", e não mais sobre o relacionamento homossexual.

Em 2007, foi noticiado que Beenie Man e algumas outras personalidades do reggae, assinaram um termo onde todos concordavem em cessar as performances com conteúdo homofóbico. Mais tarde ele negou ter assinado tal termo, e por continuar com sua postura "anti-gay", teve shows cancelados em diversos países, como Nova Zelândia, Bélgica e Holanda. Em 2012, Beenie Man pediu desculpas à comunidade gay por suas letras homofóbicas anteriores:

Quero deixar isso claro e objetivo. Eu não tenho nada contra ninguém, independente de qual raça ou credo... independente de crença religiosa ou da preferência sexual que você tem, incluindo gays e lésbicas. Eu respeito todos os humanos. Por favor, estou implorando para que vocês não me julguem por letras que escrevi há tanto tempo. Eu amo a todos e peço para que façam o mesmo".

Porém, em outras entrevistas, ele diz que "nunca se desculpou" e que questionava os gays sobre a origem natural do ser humano, homem e mulher.


fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d



(876) 969-3015
http://www.myspace.com/beenieman




Clip de "King Of The Dancehall"
Duração: 03:35



Clipe de "Wine" - feat Boom Boom e Mario C
Duração: 03:19



Clipe de "Dweet Again"
Duração: 03:33



Clipe de "Girls Dem Sugar" - feat. Mya
Duração: 04:28



Clipe de ’Back it Up" - feat. Mario C
Duração: 04:18




   Beenie Man (Do disco Art & Life).
          


The Invincible Beenie Man

Cool Cool Rider

Dis Unu Fi Hear

Defend It

Guns Out

Blessed

Maestro

Many Moods Of Moses

Y2K

Ruff n Tuff

The Doctor

Art & Life


Black Liberty

Youth Quake

Tropical Storm

Back to Basics

Concept of Life

Hundred Dollar Bag

Undisputed

Monsters of Dancehall

The Legend Returns


Beenie Man











Beenie Man

05/10/2016 - TOTAL REGGAE! VP lança incrível coletânea com regravações de hits do rei Bob Marley! Ouça Agora!
07/04/2015 - TOLERÂNCIA! Conheça Mista Majah P, artista que luta contra a homofobia na Jamaica! Confira!
26/03/2015 - Estúdio do lendário produtor jamaicano Bunny Lee pega fogo na Jamaica! Saiba mais!
05/09/2009 - O adeus a Steely Johnson, um dos principais responsáveis pela criação do dancehall no mundo!
20/07/2009 - Michael Jackson será homenageado em grande Festival de Reggae na Jamaica! Confira no Surforeggae!
23/10/2008 - Notícias de um Reggae Sunsplash no Brasil em 2009 se espalham na Jamaica! Veja no Surforeggae!
12/03/2008 - Americanos lançam DVD polêmico sobre DanceHall! Saiba mais sobre o "Reggae Uncensored"!
18/02/2008 - Irie FM, a maior rádio de Reggae da Jamaica divulga vencedores do seu prêmio anual! Confira!
29/01/2008 - David Kirton ganha prêmios no "Grammy" da Ilha de Barbados, o BMA 2008! Confira!
11/10/2006 - Mais uma de Buju Banton! Cantor faz críticas para grupo GLBT nos Estados Unidos! Confira no Surforeggae!
22/07/2006 - O selo "Taxi", pertencente a Sly & Robbie, acaba de lançar grandes pérolas do Reggae! Confira!
05/05/2006 - Reggae Sunsplash: O maior festival de Reggae do mundo está de volta! Confira tudo no Surforeggae!
08/06/2005 - Multi-Platinado em todo o mundo, Sean Paul desembarca no Brasil para uma sequencia de shows!
11/02/2004 - Beenie Man sofre seríssimo acidente de carro! Saiba mais!
20/12/2003 - Más notícias para a música jamaicana. O mercado fonográfico sentindo as punhaladas da pirataria!
03/05/2002 - A Evolução do Ragga!
27/02/2002 - Grammy 2001: Veja os indicados na categoria melhor álbum Reggae!




 

TRENCHTOWN
(Feminina)
We Free Again
Groundation
OBMJ

Estúdio Showlivre
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO