15/08/2009
Recordar é Viver!
 

Pág 3: | Próxima
19/11/2002 - O Reggae e o Underground: Como ter evidência sem vender sua identidade?
28/10/2002 - Reggae e Política! Sim, somos filhos da militância!
19/10/2002 - Som Pop!
27/08/2002 - O reggae em São Paulo. Uns dizem ser modismo passageiro!
15/08/2002 - A Guitarra no Reggae!
12/07/2002 - Pensamentos, desejos, bombardeio de personalidades em algum canto da internet!
30/06/2002 - Nossa seleção ganha mais uma estrela, e o Brasil seu merecido patriotismo!
05/06/2002 - Reggae em São Paulo!
28/02/2002 - A vida de Bob Marley!
25/02/2002 - A importância do Reggae em tempos de guerra!
27/11/2001 - O Reggae no recôncavo baiano: Notas sobre música e identidade!
Pág 3: | Próxima


Vou falar das minhas paixões, como o futebol, do samba-beira-mar, dos anos sessenta e seus festivais ao vivo como os da TV Record, onde víamos surpresas jovens como Elis Regina, Edu, Tom, Gil, e claro Chico Buarque, entre muitos outros. Completando o time brilhantemente, Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro são a trilha sonora de meu descontrole, caracterizado em minha dúvida entre se danço rindo com uma "muié arretada", ou se fico admirado com as poesias tristes e inconfundíveis do sertão sofrido.

Já pensou? Ali ao vivo, vendo essas estrelas surgindo inéditamente... só isso mesmo para nos confortar diante da ditadura que assolava nosso país. Na mesma época, numa ilha distante, porém ainda no terceiro mundo, a ilha da magia... a ilha do “roots and culture”... a ilha não menos militante que nosso continente... a ilha caribenha chamada Jamaica, que surgiu o lendário trio The Wailers, formado pelos saudosos gênios Peter Tosh e Bob Marley, e o magnífico, e ainda firme, Bunny Wailer.

Vimos um homem simples e rastafariano até a morte, botar fogo na Babilônia e turbinar o orgulho dos invadidos africanos pregando a volta para a "terra-mãe", a prometida Etiópia do verde, amarelo e vermelho. Nessa época inclusive, o maior astro do 3º mundo visitou o Brasil, e jogou nosso futebol ao lado de Chico Buarque no famoso campo do Politheama! Me diga se não gostaria também de ter nascido nessa época? Ou melhor, de ter sido jovem nessa época? De ter visto ao vivo - "A banda passar cantando coisas de amor" - , calejada pela opressão.

Ainda bem que registraram tudo, para que possamos pesquisar, rememorar e sonhar como quem estivesse em conjunto com esse tempo mágico, pois se não houvessem registros, iríamos ficar apenas com recordações dos “artistas” atuais, sem bandeira ou fundamento, estreando em palcos como Faustão, Gugu, Hebe, Leão, etc..., a não ser claro, o programa que resiste ao tempo, graças a fundação Padre Anchieta: Um salve pra Inezita Barroso, e parabéns pelo programa mais velho da decadente TV Brasileira.

 Na foto, temos "somente" Junior Marvin, Toquinho, Jacob Miller, Chico Buarque, Paulo César Caju e Bob Marley.


Fonte: Renato Surforeggae








 
Check Your Words
Reemah
Roots Time

Reggae Filme de 2010
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO