29/07/2005
Saiba mais sobre a banda baiana Adão Negro e baixe o clipe da música "Feed Back" do álbum "Vence Tudo"!
 


Formada em Salvador, em 1996, a Adão Negro é a banda mais popular do novo reggae baiano (uma geração que moderniza a tradição do gênero jamaicano no Brasil) e chega ao seu quarto CD, “Vence tudo - Ao vivo”: o primeiro lançado por uma gravadora, a paulista Atração Fonográfica. Os CDs anteriores saíram de forma independente: “Adão Negro” - 1999, o ao vivo “Só diretoria” - 2000 e “Vence tudo” - 2003.

Gravado na casa de espetáculos Ed 10, em Salvador, no dia 16 de outubro de 2004, “Vence tudo - Ao vivo” é um passeio de Sérgio Cassiano (voz, guitarra, violão), Aurelino Fábio (bateria), Valtinho Cabeça (baixo), Marcos Guimarães (guitarra), Dino Cerqueira (percussão), Fabrício Pitombo (teclados) e Marcelo Nem (teclados) pelo repertório dos três primeiros CDs do grupo e pela história do reggae feito na Bahia, com participação honrosa de Edson Gomes em “Perdido de amor”. Além disso, o álbum apresenta as inéditas “Proteja sua cabeça” e “Marasmo”. As faixas “Botar um”, “Metal reggae” e “Vence tudo” são bastante conhecidas do público fiel (e crescente) que acompanha a Adão Negro (desde 2003 com base fincada também em São Paulo).

Antes de cantar a bela e positiva “Vence tudo”, o vocalista Sérgio Cassiano conta uma história significativa: durante um show em Sampa, um fã em prantos, no camarim, confessou ter deixado a vida de assalto à mão armada por causa das mensagens da banda. As regravações de “Do jeito que seu nego gosta” (Lazzo), “Me abraça e me beija” (Lazzo), “Perdido de amor” (Edson Gomes), “Chegada” (Nengo Vieira) e “Nayambing blues” (Sine Calmon) explicitam a ligação afetiva da Adão Negro com a geração que construiu a base para a consolidação do reggae no Estado da Bahia. Edson Gomes, o mestre maior, dá o ar de sua graça especial e, na moral, divide os vocais de “Perdido de amor” com Sérgio Cassiano. Além de Edson Gomes, “Vence tudo - Ao vivo” conta com outro convidado especial: Márcio Mello (roqueiro baiano dos anos 80 que já teve composições gravadas por Cássia Eller e Daniela Mercury) canta em “Proteja sua cabeça”.

O rock, aliás, é um dos elementos ativos do exercício musical subversivo - e cheio de boas vibes - da Adão Negro, uma banda de reggae que vive o presente de olho no futuro e que não esquece as lições do passado. Que Jah e os novos deuses do reggae protejam esses (e outros) novos baianos do bem.

VIDEOCLIPE PARA DOWNLOAD


 Clique aqui e baixe o clipe da música "Feed Back" de Adão Negro.


Fonte: Vanessa Hanna








 
Each One Teach One
Groundation
Live in Zenith ’88

Burning Spear
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO