03/10/2012
EXCLUSIVO! Surforeggae entrevista Reemah, mais uma voz do reggae pesado das Ilhas Virgens!
 

Pág 1: Anterior |
01/10/2015 - Surforeggae entrevista o grande astro do reggae Maxi Priest! Confira!
16/03/2015 - QUARTZ! Surforeggae faz entrevista exclusiva com Alexandre Carlo sobre o seu projeto solo!
09/03/2015 - Entrevista exclusiva com DAMIAN MARLEY! Saiba tudo sobre o mais original filho de Bob Marley!
21/01/2015 - Damian Marley no Brasil! A grande estrela do reggae mundial chega em março! Confira datas e locais!
18/08/2014 - Surforeggae entrevista a banda de reggae amazonense, Ayahuasca! Leia e sinta o som!
04/02/2014 - Surforeggae entrevista DROOP LION, o novo vocalista da lendária The Gladiators! Confira!
06/06/2013 - Entrevista exclusiva com a banda Nayah, que lançará novo CD com produção de grande nome da MPB!
08/10/2012 - EXCLUSIVO! Surforeggae entrevista Rodrigo Piccolo, vocalista do Mato Seco! Confira!
24/01/2012 - Raçaman vira DUB nas mãos de Mad Professor! Ouça o resultado e confira a entrevista com Alexandre!
14/09/2010 - Experiência, ideologia e planos: Surforeggae faz entrevista com Lucas Kastrup do Ponto de Equilíbrio!
02/08/2010 - Confira a entrevista com a banda Semente da Paz, uma das principais da nova geração do reggae baiano!
08/12/2009 - Confira a entrevista do Surforeggae com a banda Namastê, que lançou o CD "O Sol Nasce para Todos"!
29/08/2009 - Surforeggae entrevista Alexandre, vocalista do Natiruts, sobre a polêmica do VMB 2009! Confira!
22/08/2008 - Surforeggae entrevista Aline Duran, uma das principais vozes femininas do reggae nacional!
11/08/2008 - EXCLUSIVO: Confira a entrevista do Surforeggae com a Roots Nyabinghi, um dos destaques no cenário baiano!
14/07/2008 - Confira a entrevista exclusiva do Surforeggae com a Diamba, uma das maiores bandas de Reggae da Bahia!
06/02/2008 - EXCLUSIVO: Surforeggae entrevista uma das grandes promessas do Reggae mundial! Confira!
28/09/2007 - Exclusivo: Entrevistamos Akila, músico e filho de Carlton Barrett, baterista dos Wailers! Confira!
Pág 1: Anterior |


Tivemos a oportunidade de bater um papo com Reemah, a nova revelação das Ilhas Virgens. Ela acabou de lançar o seu primeiro álbum "Check Your Words" que causou um verdadeiro alvoroço no cenário internacional, sobretudo nos Estados Unidos onde já se apresentou no maior festival do gênero - Reggae On The River. Na entrevista Reemah fala um pouco dos seus ideais, sua carreira e seus planos para o futuro.

A ENTREVISTA




(Reemah com "Try Love")


Surforeggae: Quando você começou sua carreira musical e por que decidiu ser cantora ao invés de um outro tipo de ocupação?
Reemah: A música sempre esteve no meu coração. Desde criança era natural me expressar criativamente através do canto e na forma de composições. Isso não parou até atingir a minha fase adulta e comecei a gravar muitos anos antes do meu álbum de estreia. No entanto, apesar dele ter acabado de sair eu sinto que a minha carreira musical está apenas começando.

Surforeggae: No mundo da música há muitas cantoras famosas. Porém no reggae não há muitas vozes femininas em comparação ao número de grupos formados por homens ou simplesmente cantores. Por que você acha que isso acontece?
Reemah: O Reggae foi pioneiramente criado por homens e popularizado por eles. Esses pioneiros forneceram a outros por vir uma plataforma onde eles podiam cantar e formar opiniões. As mulheres, por outro lado não tinham muitas artistas nas quais elas pudessem se identificar. É muito bom ver que hoje mais e mais mulheres estão começando a se colocar à frente na cena do reggae, atraindo tanta atenção como os homens.

Surforeggae: Você escreve suas próprias letras? Que tipos de assuntos você gosta de abordar nas suas músicas ou quando você se dirige às pessoas nos shows?
Reemah: Sim, eu sempre escrevo as minhas canções. Eu gosto de falar de assuntos que procuram quebrar a submissão das pessoas à uma máquina conhecida como o sistema. Alguns desses tópicos incluem religião, política, violência, competição e muito mais. Eu acredito que o amor, primeiramente por nós mesmos e então pelo próximo, apesar de todas as nossas diferenças é a única forma de diminuir o sofrimento. Também gosto bastante de escrever músicas com mensagens positivas que clamam para que nos ajudemos e que cada um de nós espalhe a mensagem do amor para todos.

Surforeggae: A sua família te apoiou a trabalhar com música e a se tornar uma cantora?
Reemah: A minha família sempre me apoiou e continua me apoiando em tudo o que eu faço. No entanto, não há apoio mais importante do que o seu próprio, a sua motivação. Se você tem uma ideia ou uma visão, uma vontade, você é a pessoa que deve se movimentar para que as coisas aconteçam. Acredite sempre em você, mesmo que ninguém mais te apoie.

Surforeggae: Em relação aos seus videoclipes recém-lançados de “War” e “Try Love”, nos fale um pouco da concepção e como foi pra você. Houveram muitos comentários por aqui no Brasil assim que começamos a divulgá-los. Você esperava que receberia tantas mensagens positivas sobre o seu trabalho tão rapidamente vindos do Brasil?
Reemah: “War” foi o primeiro single do meu álbum de estreia e nós queríamos fazer um vídeo rápido que mostrasse às pessoas um pouquinho de quem eu sou. Nós temos planos de fazer um videoclipe oficial num futuro bem próximo. A música “Try Love” nos encoraja a buscar a fonte do amor, mesmo quando parece que tudo está dando errado e que não há mais motivos para viver. O vídeo fala de abuso, depressão e suicídio. Nós queríamos um vídeo que as pessoas pudessem perceber que não importam os problemas ou quão difícil seja a situação, nós temos o poder de promover mudanças se acreditarmos nas mesmas.

Eu não fazia ideia de que os brasileiros dariam tanto apoio à minha música. É maravilhoso ver que mesmo com a barreira da linguagem, as pessoas na América do Sul continuam demonstrando tanto amor. As vibrações da música quebraram a barreira da comunicação!




Surforeggae: Quem te influenciou na música? O que você tem escutado ultimamente e por que escolheu reggae? Você se lembra da primeira música de reggae ou do primeiro artista que escutou e gerou um impacto na sua vida?
Reemah: O Reggae sempre tocou na minha casa enquanto eu fui crescendo. Me recordo de muitos artistas que escutei e gostei tanto do som como da criatividade nas letras das músicas. Nomes como Buju Banton, Gregory Isaacs, Garnett Silk, Bob Marley, Sizzla e Anthony B escutei bastante e ainda ouço.

O reggae é a voz dos oprimidos. Não foi a única música que fez parte da minha formação, mas eu sempre gostei dela por conta da espiritualidade. Decidi adotar esse estilo pois ele levanta discussões sobre a libertação da ilusão na qual vivemos.

Surforeggae: Você está envolvida com muitos músicos profissionais que estão na cena das Ilhas Virgens por algum tempo. Como eles ajudaram a criar as músicas no seu CD que acaba de ser lançado?
Reemah: Eu criei as letras e melodias das músicas do meu álbum sem muita influência. Os arranjos musicais foram criados pelo meu produtor Kedroy “Cat” Mitchell (um dos membros do Bambu Station). Foi ele também que fez contato com outros músicos e produtores das Ilhas Virgens para dar mais “cor” ao álbum.

Surforeggae: O CD possui uma série de instrumentais muito interessantes e fiéis ao reggae raiz e você tem uma voz muito suave que é inserida perfeitamente na música. Nos fale um pouco sobre o feedback que você tem tido ultimamente nos Estados Unidos (onde você vive) e em quaisquer outros países em que você já se apresentou.
Reemah: Muito obrigada! Em qualquer lugar que me apresento ao vivo a resposta é simplesmente incrível. Os shows são cheios de vibração e o público se conecta muito nisso. Eles adoram a energia que eu dou e eles sempre me dão de volta em dobro, portanto é um ciclo.

Surforeggae: Dezarie é uma cantora bastante popular no Brasil e como uma representante do reggae raiz das Ilhas Virgens, muitas pessoas ao conhecer o seu som comparam com o dela. Você foi influenciada por ela? Quais as suas influências ideológicas e na música?
Reemah: Tanto Dezarie como eu falamos dos mesmos assuntos na nossa música e como somos de St. Croix (Ilhas Virgens) é evidente que alguém queira nos comparar. Nós duas sabemos que com informação as pessoas podem começar a quebrar a escravidão mental e o comportamento que nos obrigam a digerir aos poucos através de vários meios. As músicas que escrevo são inspiradas na minha vida, e ao ver o sofrimento nas pessoas diariamente, é natural que eu queira ajudar. Eu adoro muitos estilos diferentes de música portanto tenho muitas influências.
Para mim a vida é simples. Basta escolher o amor em qualquer situação. Esse é o meu único mandamento. É sobre quem nos somos e sobre o amor que devemos praticar. Quando amamos nós somos um. Não há separação, não há competição.

Surforeggae: Nós já começamos a promover a sua música em países como Brasil e Argentina e já temos pessoas perguntando quando você virá se apresentar pela primeira vez. Qual a imagem que você tem desses países? Como uma pessoa que vive nos EUA o que está sendo falado ou promovido sobre esses lugares ultimamente?
Reemah: Eu agradeço imensamente pelo trabalho que vocês estão fazendo para divulgar a minha música. Já percebi que o seu país adora música positiva e com conteúdo. Sempre falam do Brasil como um lugar onde qualquer pessoa adoraria estar – um país muito bonito com pessoas amáveis. Eu não vejo a hora de conhecê-los!

Surforeggae: Agradecemos a oportunidade de bater esse papo contigo e acredito que essa será mais uma forma pras pessoas conhecerem um pouco mais sobre você Reemah, e se prepararem para ir ao seu encontro. Que mensagem você gostaria de deixar para os visitantes do site? E o que eles podem esperar de Reemah num futuro próximo?
Reemah: Eu gostaria de agradecer às pessoas da América do Sul pelo apoio. Muito obrigado a todos que estão divulgando, pedindo minhas músicas e sempre deixando comentários que me dão ainda mais força. Eu estarei indo pra América do Sul em breve então se preparem para um show maravilhoso cheio de vibrações positivas.



(Reemah com "War")


Fonte: Rafael Surforeggae







'Reemah'


Groundation e, pela 1ª vez no Brasil, Reemah confirmados na América do Sul! Novas datas!


Selo Surforeggae lança novos álbums de Solano Jacob e da revelação das Ilhas Virgens - Reemah!


Assista War, o primeiro videoclipe de REEMAH, a nova sensação feminina das Ilhas Virgens!




 

FYAH
(Masculino)
Each One Teach One
Groundation
Live in Zenith ’88

Burning Spear
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO