25/02/2002
A importância do Reggae em tempos de guerra!


Estamos vivenciando um dos capítulos mais críticos da história da humanidade. Violência, destruição, miséria, entre tantas outras "conseqüências" de anos e anos de ganância, intrigas, falsidade, e estupidez. Em outras palavras, "para tudo há um porquê", ou seja, é a chamada "lei da ação e reação". Portanto tudo o que estamos vendo hoje é lamentável, porém, inevitável. E o Reggae tem uma função dentro de tudo isso. Na realidade, sempre teve, pois a guerra vem de muito tempo. Essa função baseia-se no princípio universal da divina verdade. No Reggae não se aceita a hipocrisia do sistema. É preciso estar atento ao que acontece à nossa volta, porque a Babilônia é impiedosa e seu objetivo é única e exclusivamente nos tornar manipulados e escravizados.

O que fazer diante desse caos? (muitos já devem ter se questionado quanto a isso). Ninguém pode nos cobrar uma determinada postura. A verdade é simples e clara. Cabe a nós seguí-la. Se cairmos na iniquidade, logo saberemos, pois o preço a ser pago muito nos custará. Mas enfim, o Reggae está aí justamente para ampliar os nossos horizontes e abrir a nossa mente em relação à realidade atual do mundo. Jah há de prover a luz no fim do túnel para os que a buscam através de seus ensinamentos.

Muitos vêem o reggae apenas como uma forma de diversão e entretenimento, porém, ele não se restringe apenas a isso.
É preciso levar em conta o fator "conscientização", sempre presente nas letras de reggae. Há que se prestar atenção nas mensagens, entender o que elas dizem. Bob Marley é um exemplo a ser seguido. Suas mensagens de amor, paz e união espalharam-se pelos quatro cantos do mundo e lhe concederam o título de "mito". E é essa a figura de Bob Marley que todo o mundo tem em mente. Com os recentes conflitos ocorridos entre Estados Unidos e Afeganistão, não há como não reconhecer a genialidade de Marley em sua poesia, que mais parece uma previsão de tudo isso. Parem para ouvir uma de suas mais célebres canções: War. "Até que a filosofia que torna uma raça superior e outra inferior, seja finalmente e permanentemente desacreditada e abandonada, haverá guerra..."Até que não haja jamais cidadãos de primeira e segunda classe de qualquer nação, e até que a cor de um homem não tenha maior significado que a cor dos seus olhos, haverá guerra."

É justamente isso que acontece no mundo às portas do século XXI. Pessoas que privilegiam o dinheiro em detrimento da paz e do bem-estar social. Não é exagero acreditar que o reggae pode contribuir muito para que haja uma mudança nesse cenário. Se todos os regueiros estiverem verdadeiramente unidos e seguindo a filosofia do reggae, que prega o amor e a igualdade entre os povos, podemos pensar SIM num futuro melhor para o mundo.


Fonte: Ricardo e Laerte








 
We Free Again
Groundation
Live At Brixton Academy

Gregory Isaacs
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Mateus Rasta
   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin



APOIO DESENVOLVIMENTO