08/01/2004
Imperdível: Ranking Miss P, irmã de Rita Marley faz revelações sobre a Família e fala sobre Reggae. Veja Entrevista!
 


 Marco: Nós sabemos que Rita Marley é sua írmã mais velha: Por favor, o que você poderia dizer sobre a sua família (Seu Pai Leroy, sua mãe...) ?
Miss P: Sim, Rita Marley é minha amada irmã mais velha. Meu pai – Deus permita que sua querida alma descanse em paz. Ele era um grande músico, seu instrumento favorito era o Saxofone. Ele tocava piano, guitarra, bateria e qualquer outro instrumento, além de cantar e compor músicas também. Papai era ainda, um excelente carpinteiro, fazia barcos e móveis exquisitamente muito bonitos. Ele era muito educado, lia muito, altamente educado e um homem muito inteligente. Papai era muito quieto, e tinha um grande senso de humor, sempre havia uma palavra bondosa, uma boa piada ou um sorriso amigo para todos que o conheciam. Ele era amado por todos. E todos sentimos muita falta dele. Minha mãe era um verdadeiro anjo e a pessoa que mais amo em todo o mundo. Ele era amável, suave, bondosa e generosa com as pessoas. Cozinhava muito bem e foi responsável por ensinar a maioria dos jovens homens da família a cozinhar, sendo que agora todos eles(sem exceção) são Chefes de Cozinha na Inglaterra, Canadá e Estados Unidos. Meu irmão mais velho, Lepke é o membro fundador da “Dread Broadcasting Corp”, a primeira rádio possuída por um negro em toda a Europa. Ele é um visionário, e estou muito orgulhosa das suas conquistas. Tenho ainda duas amáveis irmãs: Diane e Jeanette, nascidas na Suécia. Elas são músicas de sucesso, escritoras e faziam parte da Mundialmente conhecida Companhia de Dança da Suécia.

 Marco: É verdade que Rita nasceu em Cuba ?
Miss P: Sim, Rita nasceu em Cuba.

 Marco: É verdade que Sharon Marley não é filha de Rita Marley, mas uma de suas cunhadas ?
Miss P: Não, isso é mentira. Sharon Marley é filha de Rita, e é a minha primeira sobrinha.

 Marco: Nós sabemos muito pouco sobre Constantine “Vision” Walker: Você poderia falar algo sobre ele para nós ?
Miss P: Constantine é um cantor muito talentoso, e um dos nossos primos. Ele cantou no início da carreira de Rita, antes dela conhecer Bob, e continuou cantando com ela após conhecer Bob também.

 Marco: Você conheceu pessoalmente Bob Marley ? Se conheceu, o que mais te comoveu nele ? Qual a lembrança que você guarda com mais carinho ?
Miss P: Sim, já que Bob casou com minha irmã, evidentemente me encontrei com ele em diversas ocasiões. Tenho um grande número de lembranças dele, mas a que mais me comoveu foi a sua simplicidade. Ele nunca despachava repórters, fãs, ninguém. Muitas vezes ele e os Wailers acabavam um show e cozinhavam juntos, dividindo a comida com as pessoas que congregavam em volta dele. O que me lembro com mais carinho foi no dia em que o conheci. Foi em “Kings Road”, Chelsea – Londres, no início dos anos 70. Tive a oportunindade de conhecer toda a banda depois, foi maravilhoso.

 Marco: E seu relacionamento com Rita ?
Miss P: Eu tenho passado bastante tempo com minha irmã na Europa, Jamaica e Africa. Rita é uma grande fonte de inspiração para mim como irmã e amiga. Ela tem um grande senso de homor e um bom conceito da natureza humana. Eu valorizo muito sua opinião e seus ensinamentos. Rita tem trabalhado duro por toda a sua vida, e atualmente ela é a mulher mais trabalhadora que conheço. Ela é muito parecida com o meu pai em muitos aspectos, especialmente a gentileza e bondade – nunca aumenta o seu tom de voz. Rita é altamente inteligente e esperta, assim como Papai. Ela é a melhor esposa, mãe, irmã, filha, amiga e irmã que alguém poderia desejar ter. Eu sou abençoada por ela ser minha irmã, eu a amo muito.

 Marco: Qual é o futuro do Reggae ? Nós estamos vendo muito nesse momento uma fusão rap-reggae...
Miss P: O futuro do reggae é extremamente brilhante. Por muitos anos os fãs do Reggae pediram por mais reconhecimento, marketing, etc. Agora seus sonhos foram atendidos... Mas, qual é o preço disso, você me pergunta ? Com administração cuidadosa e recursos, como a Tuff Gong, Jetstar e VP estão fazendo, as coisas não poderiam acontecer de melhor forma. Eu não vejo nada de errado na fusão de reggae com hip-hop. Foram os Músicos Jamaicanos interpretando no pós-guerra, o jazz, boogie woogie e rhytm & blues, vindos das rádios Norte-Americanas que consolidaram a base para o que hoje chamamos de reggae.

Do Jamaicano boogie ao ska até o rock steady e o reggae. A evolução desses três gêneros foram se consolidando primeiramente nas Sound-Systems Jamaicanas e espalhadas de lá. Toda música é um organismo que vive crescendo, capaz de tomar qualquer estilo. A Música pode ser facilmente influenciada pela economia, política e mudanças sociais, assim como pela moda ou tecnologia. Permitir a música e seus criadores experimentar novas coisas e crescer só pode ser uma coisa boa. No meu programa de rádio nós estamos tocando músicas de vários, de todos os gêneros. Puristas e tradicionalistas não devem ter medo, o reggae está vivo, muito consistente em todas as etapas.

 Marco: O que você acha de músicos e produtores que pegam a voz de Marley e fazem remixagens, ganhando muito dinheiro com isso ?
Miss P: Desde que sua família esteja ciente e de acordo, não vejo problema algum. Eu acho que Bob adoraria ter ouvido a versão remixada de “Sun Is Shining”. Ele gostaria muito de saber, que os jovens de hoje têm trilhado a sua música. As novas gerações de Marley continuam na estrada espalhando a mensagem do seu pai e mão, com paz, amor e união, usando técnicas de produção convencionais e tradicionais. A grande coisa nisso é que eles divulgam na sua era, espaço e tempo as mesmas mensagens de uma forma moderna. Eu amo isso, muita força para eles.

 Marco: Muito Obrigado
Miss P: Muito obrigado pelas perguntas interessantes. Te desejo muito sucesso. Paz.

CRÉDITOS


Fonte Original: "FROM BOBMARLEYMAGAZINE.COM"
 Entrevista Retirada da Bob Marley Magazine:

 Tradução e adaptação para o português: Rafael Costa
Agradecimentos: Vinicius – Lista Massivereggae


Fonte: Rafael Surforeggae








 
Dancehall DJ
Vários Artistas
OBMJ

Estúdio Showlivre
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO