Dionorina



fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Mais um regueiro da Bahia fazendo um som de tirar o chapéu, O Dionorina com seus enormes Dread Locks manda bem com "Altissíma Canção" e "Encontro". O Mano faz um som todas as quintas feiras num bar em Sampa "Sem Eira e Nem Beira" na Vila Olympia (vale a pena conferir), apresenta todas as canções de seu CD, e também sucesos de Sine Calmon, Edson Gomes e claro Bob Marley. Reggae nota 100. Dionorina é sem dúvida um dos músicos mais conceituados da Bahia ... Com apenas 10 anos, já apresentava-se em programas de rádio em Feira de Santana, sua terra natal. Depois vieram os shows e apresentações em casas noturnas de Salvador e Rio de Janeiro, até que em 74 ele decidiu voltar a boa terra para aprimorar seus estudos de música erudita.

Em 77 conquistou o título de solista concedido pela Universidade Federal da Paraíba. A partir daí, Dionorina musicou programas para TV e fez trilhas sonoras para cinema e teatro, até ganhar o troféu Caymi em 93, na categoria de melhor música, com "Porrada de Polícia", uma feliz parceria com Jorge Magalhães. Este prêmio garantiu a gravação de seu primeiro cd, intitulado ‘Música de Rua". Por falar em parceiro, entre os compositores ilustres que trabalham com Dionorina, destaque para Antônio Medrado, Lazzo, Buzinga, Carlos Pita, Jorge de Angélica, Dalmo Medeiros e Del Carlos, além do próprio Jorge Magalhães.

Sempre houve um identificação do homem e do músico com o reggae, ritmo e filosofia que estão presentes nas letras, canções e principalmente nas suas atitudes. Embora seja um admirador e divulgador assumido do reggae tradicional, Dionorina se mantém atento as novas influências e não hesita em fazer experimentações. Resultado: sua música soa como uma grande fusão de estilos, onde quase tudo é permitido e cuja única preocupação é criar um som capaz de seduzir os ouvidos mais exigentes.

Tanto assim que, Dionorina acabou optando por uma banda reduzida, mas ao mesmo tempo consistente e com mais cara de reggae, com presença de palco e um controle quase magnético sobre a platéia, Dionorina considera que está atravessando o melhor momento de sua carreira : "Estou amadurecido, com os pés no chão e num momento criativo bastante interessante. Com a parceria da Zero Bala Discos e com a pegada forte dessa banda, tenho certeza que o projeto tem tudo para ser um grande sucesso, com a benção de Jah" Dionorina.


fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d



São Paulo (11) 2157-4748 / 99183-8982 - Bahia: (75) 8111-4095
dionorina@gmail.com
http://www.dionorina.com.br/



Música de Rua

Saca só

Saca Só II

Nu


Dionorina











Dionorina

17/12/2013 - DIONORINA corta os ’dreads’ que cultivou durante 35 anos! É fim da sua trajetória Reggae?
31/05/2005 - O Mercado Reggae está carente!
25/11/2004 - Dionorina conquista midia Italiana! O reggaeman participa do programa Zelig Off, um dos maiores da Itália!
10/12/2003 - Bárbara entrevista a banda Massai!
24/04/2003 - ReggaeBeat & Surforeggae com Conexão Jah, Sensimilla, Raizes Rasta e Dionorina em Pirituba!
14/04/2003 - Remanescentes do Paraguaçu: Som originalmente Jamaicano com Nengo Vieira, Sine Calmon e outros!
17/12/2002 - Maratona do Reggae foi uma mescla de desorganização e Roots Rock Reggae para fazer chorar de emoção!
28/11/2002 - Festival com Midnite, Peter Broggs, e mais 17 nomes de peso do Reggae nacional, prometem agitar São Paulo!
15/08/2002 - A Guitarra no Reggae!
08/05/2002 - 1º Festival Reggae Gerais! Confira!
18/12/2001 - Confira a entrevista de Bárbara Fálcon com Nengo Vieira!
27/11/2001 - O Reggae no recôncavo baiano: Notas sobre música e identidade!
26/10/2001 - CD da Conexão Jah em produção!
18/10/2001 - Onde a Regueira Rola Solta!




 

SELASSIE
(Masculino)
Setas Indicam a Direção
Diamba
Maneva

Estúdio Showlivre
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO