Rasta Joint



fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
A banda Rasta Joint surgiu nos idos de 93, influenciada pelo swing da música negra, como o Funk, o Soul e o Reggae. A primeira formação contava com guitarra, baixo, bateria e vocais, e o seu repertório com Jorge Benjor, Ed Motta, Skowa e a Máfia, Tim Maia, Bob Marley, Peter Toch, Edson Gomes, etc.

Com o passar do tempo, a vida levada em Viçosa (MG) e o contato com a terra e com a natureza, fizeram com que a banda se dedicasse ao Reggae Raiz, não só como estilo musical, mas também como estilo de vida, com a dedicação à natureza, às forças divinas, às plantas medicinais, à alimentação natural, ao sentimento de irmandade e união entre as pessoas. Após dois anos de existência, a banda começa a compor suas letras e músicas e lança uma Demo-Tape com cinco composições próprias, marcadas pelo Reggae Raiz, pelo teor crítico e sincero de suas letras e pelas participações de Chico Costa (sax), Djalma Pereira (flauta) e Shandra Mani (vocalize indiano).

O Rasta Joint pega a estrada em 97 e faz shows históricos como com a Tribo de Jah no Circo Escola Picadeiro (SP), com Rappa e Paralamas do Sucesso em Viçosa (MG), com Mestre Ambrósio em Belo Horizonte, com Nativus e Tribo de Jah no Festival na Serra da Moeda (MG) entre outros. O Rasta Joint pega experiência e se torna cada vez mais seguro e consistente. Nessa época suas influências eram Steel Pulse, Black Uhuru, Aswad, Israel Vibration, Gilberto Gil, Tribo de Jah, Edson Gomes, entre outros.

Com a confirmação de seu trabalho coeso e bem estruturado, com letras fortes e conscientes, com suas músicas bem fundadas no Reggae Raiz, valorizando a brasilidade do Xote e Baião, com pitadas de Dub e experimentalismos, o Rasta Joint entra no estúdio em 98 para gravar o seu primeiro CD. Sem apoio ou patrocínio de qualquer espécie, o CD foi totalmente custeado pela banda, fazendo com que demorasse quase um ano e meio entre gravações, mixagens e masterização. 

O ano de 99 é de muita luta e reconhecimento para Rasta Joint: viaja com a Tribo de Jah pelo sul da Bahia, abrindo seus shows da turnê Reggae na Estrada; tem 2 músicas classificadas para a Bienal de Cultura da UNE em Salvador; faz uma apresentação histórica no Teatro de Lona da Barra (RJ) com o Dread Lion; seu guitarrista (Cláudio Soares) é convidado a participar em todas as músicas do CD “2000 Anos” da Tribo de Jah, gravado ao vivo no Palace (SP); participação no show da Tribo de Jah no evento Vitória em Paz (ES) com grande repercussão para a banda nesse estado.

Em dezembro de 99, o Rasta Joint consegue concluir o seu CD chamado “União”, que conta com nove músicas de sua autoria, uma versão para a música "Foi Deus quem fez você" (sucesso na voz de Amelinha) e uma faixa interativa de multimídia que mostra a cara da banda em shows e ensaios. O CD conta também com participações especiais como a de Aquiles Rabelo (Tribo de Jah), Daniel Castelo (Dread Lion), Michel Mujalli (Luz da Ásia) entre outros. 

Em 2000 a banda inicia a turnê de lançamento do seu CD. Com o CD pronto, o som do Rasta Joint pôde alcançar as rádios e regueiros de várias partes do Brasil, como São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Minas Gerais e Espírito Santo, onde tem uma identificação muito grande com o público, fazendo com que a banda participasse dos maiores eventos de Vitória, como o Skol Reggae, Rastaparty e Vitória em Paz. Ao mesmo tempo em São Paulo, a Johnny B. Good bate o record de vendas do CDs da banda e suas músicas tocam na Brasil 2000 e na 105 FM. Em Minas tem o seu maior reconhecimento participando do 1º Lapa Reggae em Belo Horizonte e tendo uma excelente crítica do seu trabalho no site Massive Reggae (um dos mais tradicionais do Brasil).

Em 2001, o Rasta Joint vem alcançando novos públicos e lugares com a sua mensagem. A confirmação nacional do seu trabalho foi a sua participação no 1º Festival Nacional de Reggae que foi realizado no Anhembi (SP) em maio, e contou com 13 bandas, entre elas Tribo de Jah, Edson Gomes, Ras Bernardo, Dionorina, Natiruts, com um público estimado em 70.000 pessoas. Em setembro, se apresenta no Credicard Hall (SP) abrindo o show de lançamento do cd “a Bob Marley” da banda Tribo de Jah.


fiogf49gjkf0d
fiogf49gjkf0d
Charleston Reis - Voz
Thom Medeiros - Baixo e vocais
Cláudio Soares - Guitarras
Sílvio Ferreira Jr. - Teclados
Marcus Rocha - Bateria
Antônio Carneiro - Percussão
Fernanda Andrade - Backing vocal
Verônica Bonfim - Backing vocal



http://www.lastfm.com.br/music/Rasta+Joint



   Grilhões (Do disco União).
          


União


Rasta Joint











Rasta Joint

17/10/2013 - Quem é Jah?
27/11/2006 - 4 Anos do Projeto Deskareggae: De cara nova, de casa nova!
06/07/2005 - Vocalista da banda Rasta Joint na 4ª edição do FAMA
12/11/2003 - Lançamento da revista Circuito Reggae 4 - Especial Root’z, traz as novidades do mundo do reggae cada vez mais em evidência!
17/12/2002 - Maratona do Reggae foi uma mescla de desorganização e Roots Rock Reggae para fazer chorar de emoção!
28/11/2002 - Festival com Midnite, Peter Broggs, e mais 17 nomes de peso do Reggae nacional, prometem agitar São Paulo!
08/05/2002 - 1º Festival Reggae Gerais! Confira!
12/04/2002 - Confira a entrevista do Surforeggae com a banda mineira Rasta Joint!
18/10/2001 - Onde a Regueira Rola Solta!




 

STUDIO ONE
(Masculino)
Jericho
Israel Vibration
Wanted

Barrington Levy
(Reggae)


O que você espera da cena reggae atual?
Que bandas clássicas ressurjam
Que bandas novas apareçam mais.
A cena reggae está legal para mim.


Resultado parcial
Historico de Enquetes


   Morgan Heritage
   Chronixx
   DUB INC
   Jah Defender
   Alborosie


   Igor Salify
   Vibração Sol
   Andread Jó
   Be Livin
   Angatu



APOIO DESENVOLVIMENTO